quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

OS SEGREDOS DE UMA GRANDE COLHEITA - 2 Coríntios 9.6

 
    Weslei Odair Orlandi

[sermão pregado em 18/12/2011]

Ninguém em sã consciência casa esperando ser infeliz. Ninguém trabalha esperando não receber seu salário. Ninguém estuda esperando ser reprovado. Ninguém economiza seu dinheiro esperando ser roubado. Ou seja, tudo o que fazemos visa um bom resultado.
         Isso vale também para o semeador ou para o que planta uma árvore frutífera. Em Lucas 13.6-9 encontramos uma parábola interessante contada por Jesus: a parábola da figueira estéril. Nesta parábola a verdade central é óbvia: quem planta espera colher.
         Como tenho dito aos irmãos, também Cristo espera de nós que na condição de “ramos/varas” ligados nele que é a videira verdadeira sejamos frutíferos [Jo 15] e este deve ser também o nosso maior e mais profundo desejo: que o nosso trabalho não seja vão, estéril, que não produza resultados.
         Queremos e precisamos de resultados naquilo que fazemos. Por isso li este texto hoje. Embora seu contexto imediato seja sobre contribuição financeira, creio que podemos ir além para compreendermos também outras verdades. O segredo de uma grande colheita [financeira, emocional e, sobretudo, espiritual] precisa ser conhecido por quem tem este desejo.
E este é o meu desejo. Quero ver a igreja crescer. Quero ver vidas sendo salvas. Quero ver o povo prosperando. Quero ver vidas sendo tocadas, libertas e transformadas. Mas isso, não acontecerá sem que entendamos e apliquemos os princípios corretos.
Por exemplo:

1. Para realizarmos uma grande colheita não podemos temer as dificuldades.

“Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará” – 
Eclesiastes 11.4

2. Para realizarmos uma grande colheita precisamos nos entregar de corpo e alma ao plantio.

“Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará sem dúvida, com alegria, trazendo consigo, os seus molhos” – Salmo 126.5-6

3. Para realizarmos uma grande colheita não podemos desistir jamais da semeadura – Mateus 13.1-8

- A proporção de terra boa é de 1 para cada 4, mas quem persiste chega lá.

4. Para realizarmos uma grande colheita precisamos de uma semeadura generosa.

“O que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância em abundância também ceifará” – 2 Coríntios 9.6

5. Para realizarmos uma grande colheita precisamos confiar no Senhor.

“Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento” – 1 Coríntios 3.6

6. Para realizarmos uma grande colheita precisamos cuidar do solo onde a semente foi semeada – Mateus 13.24-30

Um comentário:

  1. Weslei, este texto acima é excelente, além de simples, preciso e prático. Há algum problema em usá-lo em algum estudo ou ministração?

    ResponderExcluir